PINHALZINHO: CELESC NÃO PODE REALIZAR NOVAS LIGAÇÕES EM OBRAS IRREGULARES